Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A nossa vida!!!

O nosso dia a dia, a nossa vida, o nosso diário, o nosso mundo...

A nossa vida!!!

O nosso dia a dia, a nossa vida, o nosso diário, o nosso mundo...

Conversas #42

Leonor- Mãe o tio morreu com que idade?

Eu- Com 21 anos filha 

Ela- Mas porquê se era tão novo? Não é só os velhinhos que morrem?

Eu- Filha o tio era especial e Jesus quis que ele fosse para o céu mais cedo.

Ela - Sendo assim eu não quero nunca ser especial, nunca mesmo .

 

E tive que virar as costas para não chorar. ..

 

E hoje completava 36 anos. . .

 

Vida Vida ... 

Gostava de saber o porquê disto tudo de as pessoas terem de partir tão cedo.. 

 

Hoje tou sei lá. .. revoltada talvez...

Nunca me vou conformar. .

Nunca mesmo! !!

Hoje é o Dia dos Irmãos...

.. e o meu coração está partido...

a minha alma esta triste...

tenho um aperto no peito...

 

Hoje é o dia dos Irmãos e eu mais um ano sem te ter aqui!!

 

Um dia voltamos nos a encontrar...

 

Saudades de quem já não tenho ...

Saudades de quem já partiu...

 

Hoje era o nosso dia mas eu lembro me de ti 365 dias por ano mas... hoje era o nosso dia...

 

 

A minha Avózinha já é um Anjinho!

DSC_0021.JPG


Ontem olhei para ti, tinhas um olhar vazio e uma respiração ofegante!

 

Não tavas bem eu sentia, nós sabiamos!

Toquei te, tavas gelada mas tinhas calor, tavas a suar...

O olhar continuava vazio mas tavas lucida!

 

Tornei te a tocar , sentia que era a ultima vez, agarrei a mão e ja não a larguei!

Queria te sentir sempre perto de mim , sabia que era a ultima vez e não te queria deixar!

 

Olhei para ti novamente, e mais uma vez e outra vez e o olhar continuava distante!

 

Deus tava te a levar devagarinho para junto dele!

 

Uma lágrima caiu, mais outra e mais outra!

Tinha de ser forte por ti como tu sempre foste por mim!

 

Abalei e sabia que era a ultima vez que ali ia, aquela enfermeria quente e penosa!

 

Olhei antes de sair e pedi a Deus que não sofresses mais!

 

Hoje não tenho a tua mão para apanhar nem o teu cheiro para sentir mas um dia voltaremos a andar de mãos dadas!

 

Até um dia Avózinha!

 

Enviado do meu Live with Walkman Sony Ericsson

Já dorme no quarto dela ...

Anda uma pessoa a falar ao tempo que a Leonor já tá crescida, que precisa de ir dormir para o quartinho dela e blá blá blá etc e tal e quando ela finalmente pede para lá dormir eu fico assim: triste, receosa, chorona e sei lá mais o que :-(

 

É esquisito tar no quarto sem ela.

 

Fico com as lágrimas nos olhos em olhar para a caminha de grades dela e vê la vazia.

 

Afinal era eu que não tava preparada para este passo.

 

Crescem tão rápido!

 

Não vou conseguir adormecer sem a ter aqui.

 

Cabeça de Mãe é muito confusa.

 

E neste momento a minha tá um caus.

 

Volta para aqui filha tás perdoada.

 

Enviado do meu Live with Walkman Sony Ericsson

As Saudades são tramadas!!!

Tenho saudades da minha infância e de tudo o que dela fez parte.

 

 Sinto saudades de ser aconchegada pela minha mãe que me puxava os cobertores quando tava frio, que me dava leitinho todas as noites, que me levava ao medico sempre que eu precisava. Sinto saudades de me sentar no sofá a estudar e a minha mãe a ajudar me a fazer as perguntas para eu responder, depois quando tinha boa nota corria a ver dela pa lhe mostrar toda orgulhosa.

 

 Sinto saudades das tardes que passava com o meu pai a jogar jogos de tabuleiro, de vermos futebol e de gritarmos e chorarmos os 2 pelo Benfica.

 

 

 Sinto saudades do meu Avô da imagem linda dele, adorava ir correr atrás da mota dele quando ele chegava, sinto saudades de comer ao colinho dele, de ele me chamar: olhinhos lindos do avô ,de borrachinha, piolhinha, coelhinha e borreguinha. De me ir deitar só quando ele ia, de correr para os braços dele assim que o via. Da simpatia e da bondade dele. Do bom coração e força que tinha!

 

 

Tenho saudades do comer que a minha avó fazia , de falarmos até as tantas da manhã, de ir para o campo as cavelitas dela, de me sentar na barriga dela aos pulos quando tava deitada, de me esconder dela e de lhe pregar enormes sustos.

 

 

Tenho saudades do meu mano das traquinices que faziamos. De brincarmos com os berlindes, de passarmos dias na convesada com os nossos pitufos. De fazermos jogos de futebol, de jogarmos ao pião. De batermos ás portas dos vizinhos e fugirmos, de jogarmos tetris e de brincarmos com os nossos bonecos.

 

Hoje tenho o coração pequenino com tanta nostalgia mas feliz por ter uma infância maravilhosa.

 

 

 Obrigada a todos que fizeram parte dela!

 

 Enviado do meu Sony Ericsson Live Sony Ericsson