Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A nossa vida!!!

O nosso dia a dia, a nossa vida, o nosso diário, o nosso mundo...

O irmão mais novo...

Ele é o irmão mais novo...

 

O meu maior sonho -Lourenço 1.jpg

 

Chegou e mudou novamente a nossa vida.

O irmão mais novo nunca soube o que era ter toda a atenção só para ele, quando nasceu já tinha uma irmã à sua espera, brinquedos espalhados pela casa, biberons e fraldas...


O irmão mais novo ficava com os brinquedos, livros e coisas que a irmã já não queria.


O irmão mais novo vestiu roupa e calçado já usado.


O irmão mais novo acostumou-se a uma casa cheia de agitação.


O irmão mais novo não tinha silencio para dormir.


O irmão mais novo era constantemente esborrachados com beijinhos.

 

O irmão mais novo teve uma sorte tremenda de ter uma irmã magnifica sempre a o incentivar.

 

O irmão mais novo desenvolveu mais rápido.

 

Ele aprendeu tanto com a irmã, ele sempre a viu como uma exemplo a seguir...
Ela é a sua grande protectora.

 

Lourenço... o irmão mais novo

Podem nos acompanhar também nas redes sociais no Facebook e Instagram.

 

Vida do casal depois do nascimento dos filhos.

Acredito que a vida do casal depois do nascimento dos filhos é abalada.


Não há como. Torna-se de todo inevitável!

 

20200716_173941_0000.png



Com a chegada de um bebé a vida dá uma volta muito grande, as rotinas são outras, vivemos em função de um ser pequeno e frágil..

No primeiro mês não há tempo para respirar, não há tempo para muita conversa, não há tempo para dormir, não há tempo para nada. 
Vivemos apenas para o bebé, entre banhos, leite, cólicas e desconforto a vida a dois é posta de lado!

Muitos casais não aguentam esta nova realidade!

Falando da minha experiência, digo muito honestamente que nem sempre foi fácil, houve alturas que não tinha paciência para ele nem ele tinha para mim.
Tivemos muitos altos e baixos.
O cansaço misturava se nas nossas discussões!
Irritávamos-nos um com o outro e por vezes culpávamos o próximo das nossas frustrações!

Demos a volta a tudo, com muita conversa, compreensão mas sobretudo com muito amor!


Porque sem amor nem valia a pena certo?

 

Hoje, 10 anos e tal depois do nascimento do 1º filho somos mais fortes, mais unidos, mais companheiros!


A vida do casal depois do nascimento dos filhos nem sempre é fácil mas se rumarmos no mesmo sentido é bastante compensador!

Juntos ficámos mais fortes e somos cada vez mais orgulhosos da família que construimos!

Por ai como foi a vossa experiência depois de serem pais?

Podem nos acompanhar também nas redes sociais PinterestFacebook e Instagram.

A irmã mais velha!

Ela é a irmã mais velha!

 

O meu maior sonho -Leonor.jpg


Foi a primeira a chegar ás nossas vidas e com ela trouxe-nos toda a aprendizagem.
Recebeu toda a atenção somente para ela durante 3 anos e meio.. durante esse tempo nunca teve de dividir brinquedos, o seu espaço, os pais, os avós nem os amigos!

Com a chegada do Lourenço as coisas mudaram um pouco...

A irmã mais velha apesar de ter toda a atenção do mundo, regrediu...

A irmã mais velha apesar de participar nas tarefas do irmão sentia ciumes...

A irmã mais velha chegou a pensar que gostávamos mais do irmão...

A irmã mais velha perdeu a vontade de ir para a escola...

A irmã mais velha tornou-se numa miúda tímida e envergonhada...


Passado algum tempo ela percebeu que o nosso amor não se dividia, que apenas se multiplicava.

Percebeu também que tinha ali um amigo para todas as brincadeiras e um grande companheiro.


Tornou-se na sua grande protectora e confidente!
E por mais que briguem já não passam um sem o outro!


Leonor... a irmã mais velha!

 

Podem nos acompanhar também nas redes sociais PinterestFacebook e Instagram.

 

Leonor - 10 anos de puro amor...

Nunca escondi o desejo de ser mãe, nem a vontade imensa que sempre tive..

 

Era um sonho.. O MEU MAIOR SONHO!

 

A 4 de Fevereiro de 2010 pelas 05h05 o meu sonho tornou-se realidade.

 

IMG_20200203_102806_616.jpg

 

Tinha chegado a minha princesa com 3.660kg e 50cm toda ela linda e maravilhosa.

 

Ai sim eu soube o que era amar incondicionalmente...

A minha vida naquele momento tinha mudado para sempre!

 

Nem sempre tem sido fácil...

 

A maternidade trouxe- me muitas alegrias mas também muitos medos...

Pouco a pouco fui superando todos e hoje digo com orgulho que foi o que melhor aconteceu na minha vida!

 

Leonor...

Já são 10 anos de ti...

10 anos de puro amor...

Parabéns meu amor....

 

Que sejamos sempre as melhores amigas

Amigas com risos infinitos!

 

Podem nos acompanhar também nas redes sociais no Facebook e Instagram.

18 de Setembro de 2013!!! Nascimento do Principe!!!

Descrição de um momento indescritível!! O MEU PARTO!!!

 

 

18 De Setembro de 2013

 

CTG marcado, estava de 39 Semanas e 5 dias 

Nada de contracções e a dor ciática não me largava mal conseguia andar e nem sinais de Lourenço nascer.

 

O medico achou que devia fazer o toque para ver a situação, mal conseguia ir para a maca mas com alguma ajuda lá subi.

Diz ele : 3 dedos de dilatação largos tem de ir para a maternidade , almoça e vai.

 

WHATTTTT??? Eu não me doí nadica.

 

Ele: Tem de ir pois ainda é 50 km e não chega a tempo.

 

Saímos do consultório , o marido não cabia em si de felicidade e eu não tava nada preparada para o momento.

Pensei seriamente em não ir, não tinha dores não valia a pena passar lá a noite ou provavelmente voltava para casa.

Dei voltas e voltas pela casa a pensar no assunto ate que lá me convenci em ir. Esperei pelas 16h00 pois queria ir buscar a Leonor à escolinha e falar com ela ;) Eu só tinha o pensamento nela não queria nada a deixar ;(

 

Eu: Amor a mãe vai buscar o mano à maternidade não vai demorar , a mãe ama-te muito , porta te bem.

Ela: "A chorar" Tb quero ir.

Eu: Filha só pode ir os adultos 

 

À saída de casa:

 

Ela: Mãe vou te dizer uma coisa , não te esqueças de mim, eu estou aqui.

 

Estas palavras foram suficientes para chorar o caminho todo mas lá ganhei energias e continuamos viagem .

Paramos no parque e fomos a pé não tinha dores não havia necessidade de parar à porta das urgências.

Dei entrada ás 17h30h , fizeram me novamente o toque e 5 dedos de dilatação e eu nada de dores.

Fui para a sala de dilatação estava uma rapariga a gritar e eu lembrei me novamente de tudo o que passei com a Leonor e tinha vontade de fugir dali..

Puseram as cintas, como não havia contracções altas foram buscar a oxitocina , chegou a medica e começou a dizer que talvez fossem atrasar o meu parto pois a maternidade estava cheia, o que me valeu é que chegou a enfermeira que me acompanhou e disse para não me fazerem isso pois eu tava a sofrer muito com a ciática e dilatava muito rápido.

 

Então a medica lá me foi rebentar as aguas, não doeu nada. 

Estava já com imensas dores e pedi a epidural.

A anestesista estava numa cesariana, a enfermeira teve pena de mim e desligou a oxitocina mas as contracções estavam casa vez mais terríveis e não dava para acalmar.

Voltei a implorar pela epidural mas a anestesista tinha ido jantar, pensei que morria , concentrava me na minha filha e lembrava me das palavras dela.

Nesse instante chega a anestesista mas antes de me dar a epidural foram a ver a dilatação e..... 10 dedos de dilatação, não havia nada a fazer, tínhamos que correr imediatamente para a sala de partos eram 20h50.

 

Mudei de maca , tentei fazer força e ele começou a sair mas tive a triste ideia de fechar as pernas valeu o meu marido me segurar as pernas e... 21h o meu anjinho estava cá fora em cima do meu peito a chorar.

Lindo que só ele , não dá mesmo para explicar...

 

O marido estava com uma cara de felicidade que só visto e disse me ao ouvido : obrigada ;)

 

Foi o primeiro a pegar lhe ao colo e tinha uma cara como já há imenso tempo não via.

 

Sofri muito na gravidez mas Deus compensou me com um parto super rápido e com um menino calmo , lindo e maravilhoso!!

 

Agradeço a toda a equipa que me assistiu foram sem duvida para lá de espectaculares comigo, impecáveis mesmo, só tenho bem a dizer.

 

Um obrigada a minha filha que me deu muita força as palavras dela antes de sair de casa, foi a pensar nela que levei todo o tempo no parto e sem duvida que foi nela que fui buscar todas as minhas forças!!

 

E um especial obrigado ao meu marido , 5 estrelas comigo, sem duvida que não podia pedir melhor...

 

Um bem haja a todos que fizeram parte desta longa caminhada!!

 

Agora sem duvida que temos a família completa, estamos super felizes e a mimar os nossos 2 amores...

 

Lourenço e Leonor são a nossa VIDA!!!

 

 

Lourenço 18 de Setembro de 2013!!!

 

 

 

 

 

3,500 kg e 51 cm

 

21H00 a hora que voltou a mudar a minha vida!!!